O código é meu ou da empresa?

Desenvolvedores de software possuem uma dúvida central que merece ser respondida com clareza: o código é meu ou da empresa em que trabalho?

O cenário padrão costuma ser o seguinte: o funcionário foi contratado para desenvolver programas na empresa, sendo remunerado pelo seu serviço. Após alguns anos, um programa passa a ser comercializado e o funcionário repara que o seu empregador lucra com o produto, enquanto o empregado permanece recebendo seu salário regular. Muitas vezes, o programador pensa em sair da empresa e “pegar” o código.

Lei do Jogo - meme código Continue lendo “O código é meu ou da empresa?”